Alonso diz que sétimo lugar no grid não é surpresa

Segundo colocado no Mundial de Fórmula 1, o espanhol Fernando Alonso ficou apenas na sétima posição no treino classificatório para o GP de Cingapura, realizado neste sábado. Apesar do resultado ruim, o piloto da Ferrari garantiu que a colocação no grid não o surpreendeu e prometeu brigar na frente na prova deste domingo.

AE, Agência Estado

21 de setembro de 2013 | 16h41

"O resultado de hoje (sábado) não é surpreendente, porque desde o início da temporada, na média, nós sempre começamos entre o sexto e o oitavo lugar e então ganhamos espaço na corrida, o que eu acho que vai acontecer novamente amanhã. Os ajustes feitos para esta corrida fizeram a gente ganhar um décimo de segundo sobre nossos concorrentes, resultado que nos trás expectativa", declarou.

Alonso ficou atrás inclusive de seu companheiro Felipe Massa, sexto colocado no treino, que não permanecerá na Ferrari no ano que vem. Em relação ao líder do Mundial, Sebastian Vettel, que largará em primeiro neste domingo, a diferença de tempo neste sábado foi de mais de um segundo: 1min42s841 do piloto da Red Bull contra 1min43s938 do espanhol.

"Mesmo que a diferença para o líder ainda seja significativa e a evolução talvez não seja tão evidente, não podemos dizer que nossos engenheiros não se esforçaram, porque todo mundo fez um grande trabalho. As expectativas para amanhã ainda são altas, mesmo se neste meio tempo nossos rivais, como Mercedes e Lotus, estejam um passo à frente", avaliou.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.