Alonso diz que sua situação ainda é 'dramática' no campeonato

Piloto espanhol acha que dificilmente conseguirá tirar os quatro pontos de vantagem de Hamilton no Brasil

07 de outubro de 2007 | 06h01

Apesar de tirar oito pontos de diferença para o companheiro Lewis Hamilton na classificação geral, o piloto espanhol Fernando Alonso disse que sua situação ainda é dramática no campeonato.   Veja também: Classificação do Mundial Leia mais no Blog do Lívio Hamilton abandona e Kimi Raikkonen vence GP da China   Alonso foi o segundo colocado no Grande Prêmio da China, disputado neste domingo, enquanto Hamilton deixou a disputa após abandonar na 30.ª volta por problemas no carro.   "Tentei passar o Felipe Massa na primeira volta para poder me aproximar dos líderes, mas não consegui", disse Alonso. "Por sorte, Hamilton quebrou e eu acabei encontrando um trecho bom para guiar e chegar em segundo lugar."   O espanhol está quatro pontos atrás de Hamilton na classificação (107 a 103). "Acho que vai ser muito difícil tirar essa vantagem. Espero fazer uma boa prova no Brasil, apesar de estar em situação dramática."   O Grande Prêmio do Brasil, última prova da temporada, acontecerá no próximo dia 21, no Autódromo de Interlagos.

Tudo o que sabemos sobre:
Fórmula 1Fernando AlonsoMcLaren

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.