Alonso diz que sucesso na Ferrari pode levar tempo

'O próprio Schumacher precisou de cinco temporadas para vencer depois que chegou à Ferrari'

AE, Agencia Estado

18 de janeiro de 2010 | 12h04

O espanhol Fernando Alonso foi contratado pela Ferrari como aposta da escuderia para reviver os anos de glória alcançados com Michael Schumacher. Mas o bicampeão já avisou que será difícil repetir o sucesso do alemão, sobretudo nas primeiras temporadas.

"Não é tão fácil. O próprio Michael Schumacher precisou de cinco temporadas para vencer depois que chegou à Ferrari", disse Alonso à rádio espanhola Onda Cero.

A história da chegada do espanhol à Ferrari assemelha-se à de Michael Schumacher, sobretudo porque o alemão começou na equipe em 1996, também como bicampeão e considerado o melhor piloto em atividade no Mundial. Entretanto, ele só conquistou seu primeiro título em 2000 - depois, venceu outros quatro campeonatos consecutivos, até que o próprio Alonso encerrasse a sequência, em 2005.

Com Alonso e Felipe Massa, a Ferrari desponta como uma das favoritas ao título de 2010. Mas o espanhol pede calma. "A Fórmula 1 não é simplesmente matemática. No futebol, por exemplo, um grande time pode perder jogando contra um muito menor. Na Fórmula 1 também funciona assim: na teoria é uma coisa, mas na prática pode acontecer outra", afirmou.

Para Alonso, pelo menos oito pilotos estarão na briga para conquistar o campeonato, que começa no 14 de março, com o GP do Bahrein. "Os maiores rivais serão os dois carros da Mercedes, as duas McLaren, as duas Red Bull, além de meu companheiro Felipe Massa", listou.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.