Andrej Isakovic / AFP
Andrej Isakovic / AFP

Alonso diz que teste em Abu Dabi foi mais sério e 'acendeu espírito competitivo'

Após dois anos ausente, o bicampeão mundial voltará à Fórmula 1 em 2021 pela Renault, cujo nome será alterado para Alpine na próxima temporada

Redação, Estadão Conteúdo

15 de dezembro de 2020 | 14h47

De volta à Fórmula 1 na temporada de 2021, o espanhol Fernando Alonso passou nesta terça-feira por uma etapa de sua preparação com a participação no último teste da categoria neste ano, em Abu Dabi, nos Emirados Árabes Unidos. Líder da atividade, que contou com jovens pilotos, o bicampeão mundial revelou que as mais de 100 voltas completadas com o carro de 2020 da Renault ajudaram a reacender o seu "espírito competitivo".

"Foi muito bom e muito legal voltar ao carro e estar junto da equipe. Eu vinha testando com o carro de 2018 em preparação, mas agora tudo parece mais sério e isso reacendeu um pouco meu espírito competitivo. Foi bom sentir como são os carros modernos e entender do que eles são capazes. Eu estava assistindo o progresso da equipe ao longo do final de semana e foi bom colocar em prática hoje o que aprendi fora do cockpit", afirmou Alonso após a atividade.

Após dois anos ausente, o bicampeão mundial voltará à Fórmula 1 em 2021 pela Renault, cujo nome será alterado para Alpine na próxima temporada. E, nesta terça-feira, mostrou que segue em forma nas pistas. Alonso completou a sua melhor volta com o tempo de 1min36s333. Para efeito de comparação, o espanhol foi mais rápido que os dois pilotos da Renault - o australiano Daniel Ricciardo e o francês Esteban Ocon - no treino classificatório do próprio GP de Abu Dabi, disputado no último domingo.

No total, Alonso completou 105 voltas no traçado, mais que os 89 giros de outro veterano. O polonês Robert Kubica foi o quarto mais veloz, com 1min37s446s, pela Alfa Romeo. A presença da dupla no teste chegou a virar polêmica na Fórmula 1 porque os testes desta terça-feira eram reservados aos jovens pilotos.

O espanhol acredita que conseguiu tirar algumas lições da atividade em Abu Dabi. "Demos conta de várias coisas básicas que já havíamos programado com a fábrica, como ajuste de assento, posição dos pedais e mais, o que ajuda muito já que teremos apenas um dia e meio na pré-temporada no próximo ano. Cumprimos algumas tarefas e agora vamos para o Natal e o Ano Novo com todos na equipe de bom humor e motivados", completou.

O teste desta terça-feira encerrou as atividades da Fórmula 1 em 2020. A categoria retomará as ações na pista somente em março de 2021, com os testes da pré-temporada, em Barcelona, na Espanha.

Tudo o que sabemos sobre:
Fórmula 1Fernando Alonso

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.