Alonso é o mais rápido nos treinos em Valência

Fernando Alonso encantou a torcida da casa fazendo a volta mais rápida dos treinos livres desta sexta-feira para o Grande Prêmio da Europa.

ALAN BALDWIN, REUTERS

25 de junho de 2010 | 12h26

O bicampeão espanhol, atualmente na Ferrari, cravou 1min39seg283 no circuito de Valência depois que o alemão Nico Rosberg deu o ritmo com sua Mercedes no treino da manhã.

Sebastian Vettel foi o segundo mais rápido com sua Red Bull, mero 0,056seg atrás de Alonso, e seu companheiro de equipe Mark Webber fez o terceiro melhor tempo.

Mais cedo Rosberg impediu outra dobradinha da McLaren para o líder do campeonato Lewis Hamilton e seu colega e atual campeão do mundo Jenson Button.

O piloto da Mercedes, que ainda não conquistou um grande prêmio e comemora seu 25o. aniversário no domingo da corrida, saiu na frente com o tempo de 1min41seg17, mas foi o quarto nos treinos da tarde.

Ferrari e Mercedes fizeram grandes modificações na aerodinâmica de seus carros neste final de semana tentando preencher o vácuo que as separa da líder Mclaren.

O heptacampeão Michael Schumacher, companheiro de equipe de Rosberg, foi só o oitavo mais rápido pela manhã, enquanto Vettel e Webber foram sexto e sétimo.

O polonês Robert Kubica foi competitivo nas duas sessões de treino, obtendo a quarta e a sexta colocações respectivamente.

A primeira sessão foi interrompida quando o espelho da HRT do brasileiro Bruno Senna caiu na pista e foi atropelado pela Toro Rosso de Sebastien Buemi, deixando destroços no circuito.

A prática vespertina também foi brevemente suspensa quando a Ferrari de Felipe Massa girou e morreu atravessada na pista.

O indiano Karun Chandhok, companheiro de escuderia de Bruno Senna, não correu de manhã, dando lugar ao piloto de teste austríaco Christian Klien. O britânico Paul di Resta, substituto da Force India, também voltou aos treinos no lugar do titular Adrian Sutil.

Tudo o que sabemos sobre:
FIALONSOESPANHA*

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.