Alonso elogia Ferrari e diz que carro estava perfeito

Depois de patinar na largada do GP da Austrália e se envolver em acidente com Jenson Button e Michael Schumacher, o espanhol Fernando Alonso caiu para a última posição e precisou fazer uma corrida de recuperação. Terminou por fim em quarto, resultado que o manteve na liderança da classificação geral.

AE, Agência Estado

28 de março de 2010 | 08h15

A excelente recuperação neste domingo, segundo opinou Alonso, só foi possível pelo bom desempenho do carro e pela estratégia traçada pela Ferrari. "Foi graças à estratégia que conseguimos este resultado. O carro também estava perfeito e fomos capazes de manter um bom desempenho com os pneus macios", afirmou o espanhol.

Mesmo com ritmo forte no fim da prova, Alonso contou que precisou se segurar atrás do companheiro Felipe Massa, temendo causar algum acidente. "Quando estava atrás do Felipe (Massa) talvez eu tivesse a oportunidade de ir ainda mais rápido, mas sabemos que é muito difícil ultrapassar na Fórmula 1. E entre companheiros de equipe, certamente não tem podemos correr riscos desnecessários", garantiu.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.