Alonso exalta vitória em corrida 'muito difícil'

O espanhol Fernando Alonso admitiu ter enfrentado muitas dificuldades neste domingo para obter a vitória no complicado circuito de Cingapura. Com sua quarta vitória na temporada, o piloto da Ferrari assumiu a vice-liderança do campeonato e entrou de vez na briga pelo título da Fórmula 1.

AE, Agência Estado

26 de setembro de 2010 | 13h06

"Foi uma corrida muito difícil, muito longo e também com problemas. Tivemos o carro de segurança e os retardatários que precisávamos passar e ainda tivemos que controlar [Sebastian] Vettel até os final", enumerou o espanhol. "Além disso, foi uma prova muito dura física e mecanicamente. Os componentes do carro sofrem bastante durante as duas horas de corrida".

Diante de todas essas complicações, Alonso não escondeu a alegria pelo resultado. "Esta vitória significa muito. Nós queríamos confirmar o bom momento do nosso carro e conseguimos fazer isso. Acredito que podemos ser competitivos em qualquer pista agora", avaliou.

O espanhol, porém, evitou o clima de otimismo e destacou o equilíbrio do campeonato. "A disputa está muito apertada. Os cinco pilotos [mais bem colocados na classificação] tem mais ou menos as mesmas chances. Qualquer um pode vencer duas ou três corridas consecutivas ou pode abandonar também. E aí você fica matematicamente fora da briga pelo campeonato", ponderou.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.