Alonso lamenta falta de evolução e minimiza problema

Único piloto com chances matemáticas de evitar a conquistar a conquista do tetracampeonato mundial pelo alemão Sebastian Vettel, o espanhol Fernando Alonso lamentou nesta sexta-feira que a Ferrari não venha conseguindo melhorar o seu desempenho nas últimas corridas. Quinto colocado nos treinos livres desta sexta-feira para o GP da Índia, Alonso avaliou que apenas repetiu o resultado das provas anteriores e mirou um lugar no pódio na corrida deste domingo.

AE, Agência Estado

25 de outubro de 2013 | 15h40

"A situação não é muito diferente das corridas recentes. Estamos um pouco atrás em termos de desempenho e amanhã devemos tentar obter uma boa posição de largada para fazer uma boa corrida e chegar ao pódio", disse.

Assim, Alonso nem revelou muita preocupação com o problema no câmbio que teve no primeiro treino livre, em que terminou na 12ª colocação. "Foi uma sexta-feira como qualquer outra, exceto por um problema mecânico, esta manhã, que reduziu meu tempo de pista. Felizmente, isso não afetou muito o programa, com uma primeira sessão dedicada principalmente a me acostumar com esta pista novamente", afirmou.

Alonso também destacou que as condições do circuito de Buddh podem mudar muito no restante do fim de semana do GP da Índia. "Nós também tivemos uma primeira ideia do nosso ritmo de corrida e também do nível de degradação dos pneus, mas é preciso levar em conta que as condições da pista no domingo vão ser muito diferentes das de hoje", comentou.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.