Alonso lamenta fogo em motor e se mostra conformado com problemas na McLaren

Não foi a primeira vez e provavelmente não será a última que Fernando Alonso enfrentou problemas em sua McLaren nesta temporada. Tanto que o piloto espanhol se mostra conformado com as seguidas falhas no motor Honda. Nesta sexta-feira, ele negou qualquer frustração com o fogo que atingiu a unidade de potência e abreviou seu segundo treino livre do GP do Brasil de Fórmula 1.

FELIPE ROSA MENDES, Estadão Conteúdo

13 Novembro 2015 | 20h49

"Não estou frustrado. Na verdade, espero ter todos os problemas possíveis aqui e em Abu Dabi para não ter nenhum problema no próximo ano", declarou o espanhol, referindo-se à última etapa do campeonato, nos Emirados Árabes Unidos.

Conformado, o piloto espera que a McLaren tire lições importantes de cada problema mecânico enfrentado neste ano. "É um processo de aprendizado e às vezes é um pouco chato. Mas é uma questão de tentativa e erro e esse é o único caminho para buscar o sucesso. Estamos aprendendo o tempo todo."

Apesar da postura resignada, Alonso sabe que o fogo vai obrigá-lo a contar com uma unidade de potência já usada. "Provavelmente vou utilizar o motor do México, que obviamente tem uma quilometragem menor. Não sabemos como ele vai se comportar aqui", declarou Alonso, já prevendo mais trabalho no terceiro treino livre e na classificação.

Nesta sexta-feira, o espanhol foi apenas o 16º mais rápido do primeiro treino livre. E o 18º no segundo, ao completar apenas 10 voltas, antes de seu motor pegar fogo.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.