Alonso lamenta título perdido 'por um ponto'

Espanhol diz que Ferrari estava imbatível no GP do Brasil e parabeniza Raikkonen pelo título

Milton Pazzi Jr., do estadao.com.br,

21 de outubro de 2007 | 18h33

"Foi uma corrida muito emocionante, o campeonato estava aberto do começo ao fim, mas com todas as forças não possível chegar na frente. Não acredito que perdi o campeonato aqui, por causa de um ponto, que poderia ter ganho em outras corridas." Foi desta forma que Fernando Alonso descreveu a frustração por não ter conquistado o tricampeonato, após o GP do Brasil deste domingo. "Agradeço aos meus torcedores que me apoiaram muito. No ano que vem voltarei a tentar lutar pelo título."  Veja também:  Raikkonen vence no Brasil e é campeão da Fórmula 1 em 2007 A vitória e o título de Raikkonen Terminado o campeonato, Alonso ainda não diz qual será o seu destino para o ano que vem. Apesar de ter contrato com a McLaren até 2009, a sua relação com a equipe não foi das melhores nesta temporada e especula-se que ele vá para outro time.  "Em todos os trabalhos você tem altos e baixos, tive dificuldades com a equipe, mas todos trabalharam juntos no final e fico em terceiro a um ponto do campeão. Mesmo tendo uma temporada difícil, terei boas memórias, me sinto confortável hoje", disse o bicampeão, que reconheceu a superioridade de Kimi Raikkonen e da Ferrari no Brasil. "Parabéns ao Kimi, ele é um grande campeão. A temporada teve altos e baixos para todos, mas ele terminou com mais pontos e foi feliz. Tentei fazer uma boa corrida, mas foi impossível seguir os carros da Ferrari. Nas duas primeiras voltas estava otimista, mas na terceira em diante teve de tomar cuidado com os pneus e não conseguiu acompanhar. Fiquei com os dedos cruzados para eles terem algum problema, mas não deu", concluiu.

Tudo o que sabemos sobre:
Fórmula 1GP do Brasil

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.