Alonso nega negociação com Ferrari e diz que voltará a vencer

Piloto espanhol da Renault também acredita que o finlandês Raikkonen é o favorito ao título nesta temporada

EFE,

30 de julho de 2008 | 14h55

O piloto espanhol Fernando Alonso, da Renault, desmentiu nesta quarta-feira que esteja negociando sua transferência à Ferrari e disse que voltará a vencer na Fórmula 1."A informação de que busquei casa perto de Maranello (sede da Ferrari) não é certa. Ainda não sei o que farei no futuro", comentou o piloto em um evento em Madri, na Espanha.Alonso, campeão mundial nos anos de 2005 e 2006, explicou a má fase na atual temporada."A Renault não evoluiu o motor nestes dois anos da mesma forma que os outros carros. Atualmente não estou em condições de vencer corridas, porém mais cedo ou mais tarde voltarei", acrescentou.Sobre a atual temporada, o espanhol apontou Ferrari e a McLaren com favoritas, mas colocou o finlandês Kimi Raikkonen, da escuderia italiana, como principal candidato ao bicampeonato do Mundial.Fernando Alonso ocupa apenas a nona posição na atual temporada da Fórmula 1, com 13 pontos conquistados. O líder é o inglês Lewis Hamilton, da McLaren, com 58, seguido pelo brasileiro Felipe Massa, da Ferrari, com 54, e por Raikkonen, com 51. Neste domingo, acontece o GP da Hungria.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.