Alonso pede prova 'perfeita' da Ferrari em Cingapura

Ao longo desta temporada, a Ferrari deu mostras de inferioridade em relação à McLaren e, principalmente, à Red Bull. A diferença é traduzida em números, com a escuderia italiana na terceira colocação no Mundial de Construtores, longe dos dois rivais. Por isso, o espanhol Fernando Alonso sabe que se quiser ter um bom resultado no GP de Cingapura, no domingo, ele e a equipe precisarão fazer um trabalho perfeito.

AE, Agência Estado

21 de setembro de 2011 | 13h43

"O que é certo é que nós vamos dar tudo. Acho que teremos uma chance de ir bem desde que consigamos desempenhar o máximo em cada aspecto: pneus, ajustes, motor, trabalho em equipe, tudo precisa estar 100%", apontou o piloto espanhol, que está em segundo lugar no campeonato, com 172 pontos, 112 atrás do líder Sebastian Vettel, da Red Bull.

Assim, Alonso espera conseguir manter o bom retrospecto em Cingapura, desde que o país retornou ao calendário da Fórmula 1, com o circuito de Marina Bay, em 2008. Em três provas, o piloto da Ferrari conseguiu duas vitórias (2008 e 2010) e um terceiro lugar (2009).

"Eu sempre consegui chegar ao pódio nas edições anteriores e meu objetivo é conseguir a quarta vez em quatro oportunidades. Uma terceira vitória seria, evidentemente, fantástica, mas eu sei que seria muito difícil", declarou Alonso. "Mas também é verdade que não podemos sempre garantir que as coisas acontecerão da mesma forma."

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.