Alonso usará 'espírito samurai' para superar as dificuldades no Japão

Piloto promete lutar por bom resultado na casa da parceira Honda 

Estadão Conteúdo

22 de setembro de 2015 | 16h12

O GP do Japão será disputado na "casa" da parceira Honda, mas nem por isso a McLaren está otimista para a corrida do próximo fim de semana, no circuito de Suzuka. Reconhecendo as dificuldades da equipe para ser competitiva especialmente em circuitos de alta velocidade, o espanhol Fernando Alonso promete se apegar ao "espírito samurai" para tentar conquistar um bom resultado.

"Suzuka será certamente um desafio. Nosso carro está bem equilibrado e bom para pilotar, mas em um circuito com uma velocidade média tão alta será difícil de bater nossos concorrentes. Vamos levar o espírito samurai conosco para Suzuka e, como de costume, nós não vamos desistir", disse.

Mesmo sabendo das dificuldades que vai encarar no fim de semana, Alonso garantiu estar empolgado para voltar a correr em um circuito que parece ser uma unanimidade entre os pilotos. "Estou cheio de expectativa para ir a Suzuka. É um circuito muito difícil, e um enorme teste para os pilotos", afirmou.

Também há outras razões para Alonso gostar tanto de correr em solo japonês. Afinal, o espanhol venceu duas provas lá, em 2006 e 2008, realidade bem diferente da vivida por ele na temporada 2015 da Fórmula 1.

"Eu amo o país e eu sempre fui fascinado por sua cultura. Eu também adoro correr lá e ganhei tanto em Suzuka e também em Fuji, por isso tenho várias lembranças especiais para mim", disse.

Após trocar Ferrari pela McLaren ao fim do último campeonato, Alonso vem sofrendo com a falta de competitividade do carro, tanto que até agora só somou 11 pontos e ocupa a 15ª posição no Mundial de Pilotos.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.