Informação para você ler, ouvir, assistir, dialogar e compartilhar!
Tenha acesso ilimitado
por R$0,30/dia!
(no plano anual de R$ 99,90)
R$ 0,30/DIA ASSINAR
No plano anual de R$ 99,90

Alonso surpreende e vence GP com trapalhada da Ferrari

Ferrari faz nova trapalhada e Massa é 13.º; Hamilton termina em terceiro e amplia vantagem no campeonato

Tercio David, estadao.com.br

28 de setembro de 2008 | 11h00

Em uma corrida bastante tumultuada, e com mais uma trapalhada da Ferrari no box, Fernando Alonso (Renault) venceu o GP de Cingapura deste domingo, a primeira corrida noturna e a de número 800 da F-1. Nico Rosberg (Williams) foi o segundo, mas o grande vencedor da noite foi Lewis Hamilton (McLaren), que terminou em terceiro e ampliou sua liderança no campeonato.Veja também: Fórmula 1 - Classificação Confira os batidores da F-1 no blog do Lívio Oricchio Massa admite: não era para ir bem em Cingapura Barrichello: É melhor não falar nada para não xingar ninguém Alonso: demorarei 2 dias para assimilar que voltei a vencer Nelsinho admite erro na batida no GP de Cingapura Hamilton se diz satisfeito com o terceiro lugar  O "GP trapalhão" da FerrariGraças a uma trapalhada da Ferrari durante um reabastecimento, Felipe Massa completou a prova apenas na 13.ª posição e viu Hamilton abrir sete pontos de vantagem no campeonato (84 a 77). A Fórmula 1 volta a se reunir dia 12 de outubro para o GP do Japão, em Fuji.Um dos que pode ter sentido o forte calor, de quase 30°C, e a umidade elevada, mais de 70%, foi Kimi Raikkonen, que atropelou uma tartaruga, colocado após a zebra, e bateu no muro, destruindo a suspensão da Ferrari, faltando poucas voltas para o final.Os outros dois brasileiros também não tiveram vida fácil e não completaram a prova. Nelsinho Piquet (Renault) bateu e Rubens Barrichello (Honda) parou com uma pane.COMEÇO LIMPOApesar da primeira curva apertada, a primeira passagem dos pilotos por ela foi tranqüila e os primeiros colocados praticamente se mantiveram nas mesmas posições do grid, com Massa em primeiro, Hamilton em segundo, Raikkonen em terceiro e Robert Kubica em quarto.Após a largada, os primeiros se espalharam na pista e não houve mudança nas posições até a batida de Piquet, na volta 14, o que provocou a entrada do Safety Car.TRAPALHADACom a bandeira amarela, após a abertura dos boxes, Massa entrou para fazer sua parada e foi aí que aconteceu o incidente que lhe tirou qualquer chance de vencer.Com a mangueira de abastecimento ainda presa, foi dada a luz verde pela equipe Ferrari. O brasileiro arrancou e levou o equipamento consigo. Ele encostou na saída do box e esperou um bom tempo até ser liberado. Voltou em 17.º e foi obrigado a fazer uma corrida de recuperação, que só foi até a 13.ª posição.Enquanto isso, lá na frente, Rosberg e Kubica, que lideravam, foram punidos por terem feito suas paradas com o box fechado. VITÓRIA HERDADACom estas e mais as paradas de Jarno Trulli (Toyota) e Giancarlo Fisichella (Force India), então primeiro e segundo, respectivamente, Alonso assumiu a liderança, na volta 32. E ficou tranqüilo até a volta 50, quando uma nova batida, agora de Adrian Sutil (Force India), provocou novamente a entrada do Safety Car.Com isto, na relargada, Hamilton, que era terceiro, encostou e passou a pressionar o segundo Rosberg. O alemão resistiu bem e manteve a segunda posição, e a concentração, apesar dos quase 30°C.Alonso abriu após a bandeira verde, na volta 54, e seguiu tranqüilo para vencer sua 20ª corrida na carreira, a primeira desde o GP da Itália do ano passado. Esta também foi a primeira vitória da Renault desde o GP do Japão de 2006.Classificação final do GP de Cingapura:1.º - Fernando Alonso (ESP/Renault), 1h57min13s304, 61 voltas2.º - Nico Rosberg (ALE/Williams), 2s9573.º - Lewis Hamilton (ING/McLaren), 5s9174.º - Timo Glock (ALE/Toyota), 8s1555.º - Sebastian Vettel (ALE/Toro Rosso), 10s2686.º - Nick Heidfeld (ALE/BMW), 11s1017.º - David Coulthard (ESC/Red Bull), 16s3878.º - Kazuki Nakajima (JAP/Williams), 18s4899.º - Jenson Button (ING/Honda), 19s88510.º - Heikki Kovalainen (FIN/McLaren), 26s90211.º Robert Kubica (POL/BMW), 27s97512.º - Sébastien Bourdais (FRA/Toro Rosso), 29s43213.º - Felipe Massa (BRA/Ferrari), 35s17014.º - Giancarlo Fisichella (ITA/Force India), 43s571Não completaram a prova:Kimi Raikkonen (FIN/Ferrari), a 4 voltasJarno Trulli (ITA/Toyota), a 10 voltasAdrian Sutil (ALE/Force India), a 11 voltasMark Webber (AUS/Red Bull), a 31 voltasRubens Barrichello (BRA/Honda), a 46 voltasNelsinho Piquet (BRA/Renault), a 47 voltas

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.