Alonso teria enviado advogado para romper com McLaren

Segundo a imprensa espanhola, piloto negocia sua saída para retornar à Renault na próxima temporada

30 de outubro de 2007 | 11h34

O espanhol Fernando Alonso já estaria tomando as primeiras providencias para romper seu contrato com a McLaren, que vai até o fim de 2008. Segundo a imprensa espanhola, o piloto enviou seu advogado para negociar com a equipe inglesa a rescisão.   O rompimento, aliás, também é o desejo dos dirigentes da McLaren, segundo informou o diário espanhol Marca. A escuderia inglesa quer dar prioridade total em 2008 para Lewis Hamilton, vice-campeão mundial nesta temporada.   O grande problema para o fim do contrato do espanhol é a multa rescisória. A McLaren não estaria disposta a abrir mão da quantia, mas ao mesmo tempo quer se ver longe de Alonso. Por isso, os dois tentam chegar a um acordo.   Se chegar a um acordo e sair da McLaren, Alonso deve retornar para a equipe Renault, escuderia onde conquistou seus dois títulos mundiais, em 2005 e 2006. O espanhol poderia correr ao lado do brasileiro Nelsinho Piquet, que seria o número dois da equipe francesa.

Tudo o que sabemos sobre:
Fórmula 1Fernando AlonsoRenault

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.