Alonso vê Interlagos como um circuito 'muito especial'

Espanhol fala com carinho do circuito do GP do Brasil por ser onde conquistou o bicampeonato da F-1

EFE

12 de outubro de 2009 | 11h52

MADRI - O piloto espanhol Fernando Alonso afirmou que o circuito de Interlagos, palco do Grande Prêmio do Brasil de Fórmula 1, "será sempre muito especial" para ele, já que foi lá que ganhou seus dois títulos mundiais pela Renault.

Veja também:

F-1 2009 - tabela Classificação | especialCalendário

especialESPECIAL - Jogue o Desafio dos Pilotos

blog BLOG DO LIVIO - Leia mais sobre a F-1

O bicampeão da F-1 em 2005 e 2006 comentou ainda que São Paulo recebe "uma das corridas mais bonitas do ano, porque os torcedores são muito passionais e há um ambiente extraordinário durante todo o fim de semana".

Sobre as condições da pista no Autódromo José Carlos Pace, Alonso lembrou que "a superfície da pista habitualmente não é muito lisa", o que torna necessário um carro que possa andar nestas condições.

"Como o circuito é percorrido no sentido anti-horário, torna-se mais exigente para os pilotos porque há várias curvas longas à esquerda, que submetem nossos pescoços a muita pressão", explicou o espanhol em declarações divulgadas pela escuderia francesa.

"Será preciso encontrar a melhor forma de andar, e não é simples porque há curvas rápidas, lentas, e uma reta muito prolongada. O segredo para fazer um bom tempo por volta é ter uma configuração aerodinâmica eficaz e um carro com boa aderência", apontou.

O piloto explicou ainda que, apesar do mau resultado no GP do Japão, "o ambiente na equipe ainda é muito positivo".

"Sabemos que o carro é rápido, mas tivemos azar no treino de classificação. Foi uma pena, porque acho que poderíamos conseguir alguns pontos se tivéssemos começado a corrida em uma posição melhor", comentou.

Segundo Alonso, a Renault trava uma "dura batalha" no campeonato contra Williams e BMW. "Por isso, qualquer ponto que possa ser obtido nas duas últimas corridas será muito importante", admitiu.

Tudo o que sabemos sobre:
Fórmula 1Fernando AlonsoRenault

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.