Andretti vence outra em Toronto

O norte-americano Michael Andretti continua soberano nas ruas de Toronto. Fazendo uma corrida de recuperação, Andretti ganhou pela sétima vez o GP de Toronto de Fórmula Indy, que teve 11 bandeiras amarelas e terminou com apenas 12 dos 26 carros cruzando a linha de chegada. O canadense Alex Tagliani e o mexicano Adrian Fernandez ficaram na segunda e terceira colocações, respectivamente. O domingo foi ruim para os pilotos brasileiros: só Maurício Gugelmin, em 7 lugar, Tony Kanaan, em 10, Roberto Moreno, em 11, e Christian Fittipaldi, em 12, conseguiram completar a prova.O começo da corrida já foi um sinal do que iria acontecer durante as 95 voltas do GP de Toronto, no circuito de rua Exihibiton Place. Logo após a largada, um acidente e uma bandeira amarela. Michael Andretti, que tinha a 13ª posição no grid, perdeu o controle do seu carro, mas conseguiu voltar para a pista: em último lugar. Era o início da sua incrível recuperação.Até a 10ª volta, mais duas bandeiras amarelas - utilizadas quando ocorre algum acidente, elas obrigam os carros, por prevenção, a diminuírem a velocidade e seguirem o safety car até que a pista seja liberada. Enquanto isso, Gil de Ferran mantinha a liderança, após largar na pole. Hélio Castro Neves e Tony Kanaan também estavam no pelotão da frente.Na 31ª volta, outra bandeira amarela e o primeiro brasileiro sai da prova. O acidente com o japonês Tora Takagi tirou Max Wilson da disputa. Duas paralisações depois e foi a vez de Helinho abandonar com problemas no carro. Escapando ileso dos acidentes na pista, Andretti seguia num ritmo veloz, recuperando posições.Depois de ter sido o mais rápido nos treinos de sexta-feira e sábado, Gil de Ferran saiu da corrida após bater em Cristiano da Matta, que também abandonou na 76ª volta. Mesmo assim, Gil somou dois pontos no final de semana, pois foi o pole e liderou a corrida pelo maior número de voltas. No finalzinho, um acidente com Christian Fittipaldi ainda tirou Bruno Junqueira da prova.Com a vitória neste domingo, a sua 41ª na Indy, Michael Andretti assumiu a segunda colocação do Mundial, com 73 pontos. O líder ainda é o sueco Kenny Brack, que tem 84. Helinho está em terceiro lugar (70), Gil em 5º (58), Cristiano da Matta em 6º (55), Christian em 9º (49), Moreno em 12º (43), Kanaan em 13º (37), Bruno em 15º (23), Gugelmin em 20º (17) e Max Wilson em 22º (12)."Foi um dia incrível. Nem vejo a hora de voltar aqui no ano que vem", comemorou Michael Andretti, ainda no pódio, para o delírio das mais de 73 mil pessoas que foram ver o GP de Toronto, quebrando o recorde de público da prova.Classificação da prova:1) Michael Andretti (Estados Unidos) - 1h59m58s9042) Alex Tagliani (Canadá) - a 2s7413) Adrian Fernandez (México) - a 4s3954) Alex Zanardi (Itália) - a 4s9015) Scott Dixon (Nova Zelândia) - a 5s6046) Paul Tracy (Canadá) - a 6s8937) Maurício Gugelmin (Brasil) - a 8s1368) Max Papis (Itália) - a 10s3839) Shinji Nakano (Japão) - a 15s81610) Tony Kanaan (Brasil) - a 1 volta11) Roberto Moreno (Brasil) - a 1 volta12) Christian Fittipaldi (Brasil) - a 2 voltas

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.