Antes de estreia, Alonso fala em se aposentar na Ferrari

O espanhol Fernando Alonso ainda não pilotou um carro de Fórmula 1 da Ferrari, e só deve fazê-lo na primeira semana de fevereiro, nos testes coletivos da categoria. Mas nesta quinta, o bicampeão já declarou seu amor eterno à equipe italiana e prometeu encerrar a carreira na escuderia de Maranello.

AE-AP, Agencia Estado

14 de janeiro de 2010 | 12h08

"Está é, com 100% de certeza, minha última equipe. Pilotar pela Ferrari era meu sonho desde a infância, e é fantástico poder fazer parte desta equipe. Há um sentimento de família que não existe em outros lugares", afirmou Alonso, durante a pré-temporada da equipe, em Madonna di Campiglio, na Itália.

Alonso chega à Ferrari com dois títulos, assim como aconteceu com Michael Schumacher em 1996. Para o espanhol, alcançar o recorde de sete campeonatos conquistados pelo alemão ainda é um sonho distante.

"Vencer sete vezes o campeonato é difícil, para não dizer impossível, na Fórmula 1 atual. Mas vou tentar vencer o máximo que for possível nas próximas temporadas", prometeu.

Tudo o que sabemos sobre:
Fórmula 1FerrariFernando Alonso

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.