Apenas 13.º no grid, Massa desabafa: 'Não tinha o que fazer'

SEPANG - O treino de classificação para o GP da Malásia de Fórmula 1, neste sábado, não foi como Felipe Massa esperava. A sessão atrasou por causa da forte chuva que caiu sobre Sepang e aconteceu com pista molhada, atrapalhando os planos do brasileiro. Sua Williams não rende bem nessas condições e ele vai ter que largar apenas na 13.ª colocação.

Agência Estado

29 de março de 2014 | 08h57

"Foi uma classificação muito difícil. Não é novidade que em uma situação como essa o carro não rende. Na Austrália a gente ainda colocou o carro em uma posição melhor, nem sei como, porque aqui ficou claro que não tinha o que fazer. Em condição de chuva o carro não rende mais que isso. Vamos largar numa posição bem atrás do que estaríamos com a pista seca", opinou o brasileiro, em entrevista à Rede Globo.

Ainda no Q2, Massa era apenas o 11.º colocado, posição que não lhe colocaria na disputa pela pole, quando, por instrução do engenheiro Andrew Murdoch, o brasileiro foi para os boxes e optou pelo pneu intermediário. Com a pista ainda bastante molhada, a escolha se mostrou errada. Ele ainda retornou para os boxes, recolocou pneus para pista molhada, mas não conseguiu nada além do 13.º lugar.

"Estava com pneu de chuva no começo do Q2 e parece que o Bottas (seu companheiro) estava melhorando (o tempo) com o (pneu) intermediário. Meu engenheiro disse que ele estava melhorando. Acho que foi um erro de comunicação. Saí, coloquei pneu de chuva, voltei e dei uma volta. Não é que eu não andei no final. Eu andei, mas acho que não tinha muito o que fazer", opinou.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.