Apesar da má fase, Raikkonen mostra otimismo na Alemanha

Finlandês, companheiro de Felipe Massa na Ferrari, reconheceu ter cometido alguns erros nas últimas provas

EFE

17 de julho de 2008 | 15h41

O finlandês Kimi Raikkonen, atual campeão mundial de Fórmula 1, acredita que espantará a má fase e conseguirá andar bem com sua Ferrari no Grande Prêmio da Alemanha, neste fim de semana. Em declarações ao site oficial da Fórmula 1, o companheiro de equipe do brasileiro Felipe Massa reconheceu ter cometido alguns erros nas últimas provas. Para o finlandês, a disputa pelo Mundial está "totalmente aberta", já que três pilotos dividem a liderança com 48 pontos - ele, Massa e o inglês Lewis Hamilton, da McLaren. "Qualquer piloto pode vencer em um Grande Prêmio", afirmou. Ao falar sobre a corrida de domingo, o piloto disse ter certeza de que "tudo irá bem e de acordo com o previsto". 

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.