Apesar de fora do top 10, Barrichello se diz contente

Brasileiro diz que resultado mostrou a evolução do carro, entre o treino de sexta e a classificação do sábado

Redação

05 de abril de 2008 | 13h58

Apesar de ter ficado fora da disputa por um lugar entre os 10 melhores lugares do grid para o GP do Bahrein, Rubens Barrichello se mostrou satisfeito com o desempenho de seu Honda. O brasileiro fechou o treino classificatório deste sábado na 12.ª colocação, há apenas dois décimos de garantir um lugar no top 10.   Veja também: Vote: Felipe Massa vai se recuperar no Mundial? As duas primeiras corridas em análise na TV Estadão Blog do Livio: mais sobre a F-1, direto do Bahrein Classificação Calendário Kubica desbanca Massa e faz a pole no Bahrein   "Estou bastante contente com a classificação", comentou Barrichello, "principalmente porque melhoramos muito o carro em relação a ontem [sexta-feira], graças a um trabalho muito bom de nossos engenheiros à noite. Infelizmente tivemos um problema de câmbio, que interferiu com minha volta na segunda fase da classificação. Se isso não tivesse acontecido, estou seguro de que poderíamos ter conseguido um lugar entre os dez melhores", disse o brasileiro, que aposta em um resultado melhor na corrida.   "Eu gosto desta pista e se o carro apresentar um bom desempenho novamente amanhã [domingo], acredito que podemos lutar por pontos aqui", completou.   Duas posições atrás de Barrichello no grid, Nelsinho Piquet não mostrou a mesma alegria do compatriota. "Estou um pouco desapontado porque eu esperava chegar à última parte da classificação, apesar de saber que seria difícil. Não consegui uma volta perfeita na minha última saída na segunda etapa, mas espero reverter isso amanhã [domingo] e brigar por uma boa posição na pista", disse o piloto da Renault, que terminou os treinos de sexta-feira à frente do companheiro Fernando Alonso, 10.º no grid.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.