Jens Buettner/Reuters
Jens Buettner/Reuters

Apesar de resultado ruim, Red Bull ainda fala em título

Equipe austríaca marcou apenas um ponto em Monza, com Vettel, que está 26 atrás do líder Button

AE, Agencia Estado

13 de setembro de 2009 | 13h19

MONZA - A Red Bull teve desempenho muito abaixo da média neste domingo, em Monza, pela 13ª etapa da Fórmula 1. Ainda assim, a equipe mantém as esperanças de conquistar o título. Restando quatro corridas, Sebastian Vettel tem 54 pontos e Mark Webber, 51,5. O líder Jenson Button soma 80.

Veja também:

link Barrichello vence na Itália e aperta briga pelo Mundial de F-1

F-1 2009 - tabela Classificação | especialCalendário

especial ESPECIAL: jogue o Desafio dos Pilotos

blog BLOG DO LIVIO - Leia mais sobre a F-1

"Basicamente, precisamos de pelo menos três vitórias nas etapas restantes. É uma tarefa difícil, mas não é impossível", disse Christian Horner, chefe da equipe.

O alemão Vettel, vencedor em Monza no ano passado, não passou de um oitavo lugar neste domingo, somando um único ponto. Mark Webber foi ainda pior - abandonou depois de ser tocado por Robert Kubica ainda na primeira volta da prova.

"Ser campeão tornou-se uma tarefa muito difícil. Hoje, nosso carro simplesmente não era bom o suficiente. No fim, ainda tivemos sorte com a batida de Hamilton", disse Vettel, que herdou a oitava posição nos metros finais, com o acidente do inglês da McLaren.

Com a Red Bull cada vez mais distante, a disputa pelo título deve ficar mesmo entre os pilotos da Brawn. Rubens Barrichello, vencedor deste domingo em Monza, é o vice-líder do campeonato com 66 pontos, a 14 de Button.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.