Diego Azubel/EFE
Diego Azubel/EFE

Após 14º lugar, Massa diz que 'tudo deu errado': 'Parecia que estava sobre gelo'

Brasileiro largou na sexta colocação em Xangai, mas sofreu com entrada do Safety Car e problemas no carro

Estadão Conteudo

09 de abril de 2017 | 11h06

O brasileiro Felipe Massa não escondeu sua frustração com o resultado do GP da China, neste domingo. Depois de um bom treino de classificação e largar na sexta posição, o piloto da Williams esteve irreconhecível no circuito de Xangai e terminou em uma frustrante 14.ª colocação, fora da zona de pontuação.

"Estou muito desapontado hoje. Tudo deu errado para nós. As rodas giraram muito em falso no início, e então, atrás do Safety Car, nós tivemos cinco voltas lentas com os pneus secos, então eles estavam completamente frios. Não fui capaz de pilotar da forma correta porque parecia que estava sobre gelo", reclamou.

O pesadelo de Massa começou logo na largada, quando o brasileiro caiu da sexta para a décima colocação. Sofrendo com problemas no carro, o piloto da Williams chegou a sonhar com a conquista de pontos durante a prova, mas sofreu com os pneus mais uma vez na reta final e virou presa fácil para os rivais que vinham atrás dele.

"Esta foi a pior parte. Nós perdemos muito tempo e muitas posições. Então, tentamos arriscar e parar antes dos outros nos boxes para ver se conseguíamos ultrapassar as pessoas e seguir na disputa, mas não conseguimos", lembrou.

Para evitar um novo dia como este ao longo da temporada, Massa pediu que a Williams repita no Bahrein, no próximo fim de semana, o desempenho da primeira prova do ano, na Austrália, quando terminou na sexta posição. "Precisamos seguir em frente e tentar fazer o que fizemos na primeira corrida, na Austrália, e no treino de classificação aqui. Agora, vamos olhar para a frente e nos concentrar no Bahrein", afirmou.

Tudo o que sabemos sobre:
VelocidadeFórmula 1Felipe Massa

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.