Jon Nazca/Reuters
Jon Nazca/Reuters

Após 2º lugar, Kevin Magnussen prevê 'teste duro' na Málasia

Dinamarquês acredita que temperatura vai complicar a vida dos pilotos em Kuala Lumpur

AE, Agência Estado

27 de março de 2014 | 12h01

KUALA LUMPUR - O dinamarquês Kevin Magnussen surpreendeu ao ficar na segunda colocação do GP da Austrália, realizado no último dia 16, em sua primeira prova na Fórmula 1. Depois do grande resultado, no entanto, o piloto da McLaren espera um "teste mais duro" no GP da Malásia, marcado para este domingo, principalmente por conta do forte calor esperado no Circuito de Sepang.

"Acho que será um teste mais duro do que na Austrália. A temperatura vai complicar para os pilotos e a temperatura da pista vai ser alta também, o que torna tudo mais difícil para os pneus. Meu principal objetivo é marcar mais pontos - a consistência vai ser muito importante no campeonato - e continuar aprendendo, especialmente em um ambiente tão diferente", declarou.

Apesar de admitir que espera mais dificuldade para este final de semana, Magnussen não esconde a empolgação com a grande estreia e admite que sonha com um desempenho igual na Malásia. "Estou muito ansioso para a prova. O carro está fantástico para pilotar e espero que tenhamos outro bom final de semana."

Companheiro de Magnussen na McLaren e terceiro colocado na Austrália, Jenson Button também chega para o GP da Malásia empolgado. "A Austrália foi uma corrida realmente motivadora para toda a equipe. Mesmo que ainda tenhamos trabalho a fazer, parece que viramos a página e temos um carro em que podemos trabalhar neste ano", avaliou.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.