Peter Andrew Bosch/AP
Peter Andrew Bosch/AP

Após absolvição, Helinho já fala em correr no domingo

Brasileiro pretende correr no GP de Long Beach, a segunda etapa da temporada 2009 da Fórmula Indy

Agencia Estado

17 de abril de 2009 | 16h57

Absolvido das acusações de sonegação fiscal e evasão de divisas pela Corte de Miami, no Estados Unidos, o brasileiro Hélio Castroneves não vê a hora de voltar às pistas. Na saída do tribunal, ele afirmou que pretende correr na etapa de Long Beach, a segunda etapa da temporada da F-Indy, no domingo.

Veja também:

linkCastroneves é absolvido em julgamento de sonegação fiscal 

"Em vez de ir para a Disneylândia, eu quero ir para Long Beach para correr. Eu vou voltar às corridas", afirmou o piloto, dono de duas vitórias nas 500 Milhas de Indianápolis. Na primeira corrida do ano, o cockpit da Penske que pertencia ao brasileiro foi ocupado pelo australiano Will Power.

Helinho respondia a um total de sete processos, sendo seis relativos a sonegação fiscal e evasão de divisas - nos quais ele e a irmã foram considerados inocentes. O júri não se pronunciou sobre o caso de conspiração fraudulenta, mas a defesa alega que, diante da absolvição nos seis outros processos, a acusação torna-se improcedente.

"Foram sete semanas muito longas. Eu sou estrangeiro e fui julgado em um país que não é o meu. Estou muito feliz por ter sido julgado de forma justa. Eu amo este país", disse o brasileiro, que agradeceu ao apoio e às orações de seus torcedores.

"Quero agradecer a Deus, a meus fãs e a todas as pessoas que rezaram por mim. Foi uma experiência muito difícil", disse o piloto da F-Indy, em português, depois de deixar a Corte.

Tudo o que sabemos sobre:
Fórmula IndyHélio Castroneves

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.