Tim Keeton / EFE
Tim Keeton / EFE

Após acidente incrível na MotoGP, Dovizioso não tem lesão constatada e é liberado

Após queda, italiano vê Marc Márquez abrir vantagem na disputa pelo título da categoria

Redação, Estadão Conteúdo

25 de agosto de 2019 | 16h42

Levado ao Hospital de Conventry, nas redondezas de Silverstone, para fazer exames depois da forte queda causada pelo acidente com o francês Fabio Quartararo neste domingo, na etapa de Silverstone da MotoGP, o italiano Andrea Dovizioso não teve nenhuma lesão séria constatada e foi liberado para ir para casa.

Segundo informações divulgadas pela Ducati, equipe de Dovizioso, nas redes sociais, "o resultado do exame realizado não apresentou nenhum dano e o piloto voltará para casa hoje à noite".

A necessidade de Dovizioso ser transferido de helicóptero para o hospital se deu pelo forte choque de cabeça que sofreu na queda do acidente, o que causou concussão no piloto e o deixou com perda momentânea de memória, segundo os médicos.

Com tontura em razão da queda, Quartararo também foi levado ao hospital. Em seu perfil no Twitter, o piloto da Yamaha SRT agradeceu às mensagens de apoio, informou que está bem e já foi liberado para ir para casa.

Dovizioso teve azar no acidente. Quartararo caiu logo na primeira curva e entrou na frente do italiano, que não conseguiu desviar e acabou dando piruetas no ar antes de cair. Sua moto pegou fogo. A corrida foi vencida pelo espanhol Álex Rins.

O acidente prejudicou Dovizioso na briga pelo título. O italiano continua na segunda posição, com 172 pontos, mas viu o líder Marc Márquez, segundo colocado na prova, somar 20 pontos e abrir 78 de vantagem na classificação geral. Quartararo tem 92 pontos e é o oitavo colocado.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.