Reuters
Reuters

Após anúncio da Haas, Nasr reitera interesse em seguir na Sauber

Contrato do brasileiro termina em dezembro deste ano

Felipe Rosa Mendes, Estadão Conteúdo

12 de novembro de 2016 | 09h55

Mais uma porta se fechou para Felipe Nasr na Fórmula 1. Na sexta-feira, a Haas anunciou o dinamarquês Kevin Magnussen, selando sua dupla de pilotos. O brasileiro, contudo, não se abalou e reiterou sua intenção de seguir na Sauber em 2017. Seu contrato, contudo, acaba em dezembro deste ano.

"Nunca descartei a Sauber", afirma o brasileiro, que sonhava com a Force India, equipe mediana, de maior potencial na Fórmula 1. Outras opções eram a Renault e a Manor, ainda com pilotos a serem definidos. Nasr, porém, se mostra cada vez mais inclinado a permanecer no time suíço.

"Seria mais fácil permanecer na Sauber, uma equipe com a qual já tenho relacionamento, já tenho uma construção técnica. Já conheço bem o pessoal com quem eu trabalho, venho acompanhando toda a reestruturação para 2017, o que vai ser testado. Estou muito mais adiantado aqui dentro", diz, aparentando resignação.

Nasr não encara a temporada difícil da equipe em 2016 como obstáculo para permanecer em 2017. Ele aposta nas mudanças recentes do time para surpreender no próximo ano. "2017 tem tudo para ser muito mais produtivo, com mais tempo, com mais recursos. Dá para fazer um trabalho muito melhor. Temos contratações técnicas novas e estamos procurando mais gente em áreas específicas."

O brasileiro ainda tem garantias de que seguirá na Sauber no próximo ano. A equipe admite que negocia com outros pilotos e aparenta não ter pressa para fazer o anúncio. "Felipe é certamente uma de nossas opções. Conhecemos ele bem, sabemos de sua capacidade. Tivemos muitas experiências juntos: algumas boas, outras ruins. Vamos avaliar isso muito bem", avisou a chefe de equipe da Sauber, Monisha Kaltenborn.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.