Tony Gutierrez/AP
Tony Gutierrez/AP

Após mudanças nos motores, trio perderá posições no grid dos EUA

Brendon Hartley, Nico Hülkenberg e Stoffel Vandoorne sofreram punições

Estadão Conteúdo

20 Outubro 2017 | 16h42

O piloto neozelandês Brendon Hartley não fará uma estreia dos sonhos na Fórmula 1, no domingo. Ganhando sua primeira chance, na Toro Rosso, ele deve largar da última colocação no grid do Circuito das Américas, no GP dos Estados Unidos. Isso porque a equipe precisou fazer mudanças em seu motor, o que incorrerá em punições.

+ Com chance de título nos EUA, Hamilton lidera 1º treino livre em Austin

Hartley não será o único. O alemão Nico Hülkenberg, da Renault, e o belga Stoffel Vandoorne, da McLaren, também sofreram punições, segundo confirmaram os comissários da prova nesta sexta-feira.

Estreando na F-1, neste fim de semana, Hartley sofreu a sanção mais dura. Por conta de trocas em diferentes componentes do motor da sua Toro Rosso, o neozelandês perderá 25 posições no grid de largada. Assim, deve largar em último, a não ser que outro piloto venha a sofrer ainda mais severa.

Hülkenberg, por sua vez, também perderá posições em razão de alterações em seu motor. Mas, como as mudanças vão atingir menos componentes, a sanção será de 20 posições no grid. Vandoorne, com punição mais leve, vai perder 10 colocações na largada deste domingo, em Austin.

Mais conteúdo sobre:
Fórmula 1

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.