Após passar Nasr de forma irregular, Bottas perderá 3 posições no grid no Brasil

A Federação Internacional de Automobilismo (FIA) anunciou nesta sexta-feira que vai punir o finlandês Valtteri Bottas com a perda de três posições no grid de largada para o GP do Brasil, neste domingo, em Interlagos. O piloto da Williams fez manobra proibida ao ultrapassar o brasileiro Felipe Nasr, da Sauber, enquanto a segunda sessão de treinos livres era realizada sob bandeira vermelha para a retirada do carro de Fernando Alonso, da McLaren, que teve problemas no motor.

CIRO CAMPOS, Estadão Conteúdo

13 Novembro 2015 | 19h02

Segundo comunicado da FIA, Bottas admitiu ter errado na manobra. "Apesar da grande diferença de velocidade entre os carros, Bottas poderia ter evitado ultrapassar Nasr sob bandeira vermelha", diz o texto. A decisão dos fiscais será útil para Felipe Massa, já que disputa com o companheiro de equipe e também com Kimi Raikkonen, da Ferrari, pelo posto de quarto colocado no Mundial de Pilotos.

Além do finlandês, pelo menos outros dois pilotos serão punidos no grid da largada. A dupla de Red Bull trocou componentes de motor e cada um deve perder pelo menos dez posições para a corrida de domingo. Até agora apenas a sanção para o australiano Daniel Riccardo foi oficializada, mas ao russo Daniil Kvyat também deve ser aplicada a perda de posições em Interlagos.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.