Carlos Villalba/EFE
Carlos Villalba/EFE

Após péssimo ano, Alonso promete uma McLaren mais veloz

Espanhol acredita num carro mais competitivo em 2016 

Estadão Conteúdo

02 de janeiro de 2016 | 18h34

Após o fracasso de terminar na penúltima colocação entre as equipes no Mundial de Construtores em 2015, a McLaren deve vir mais forte na Fórmula 1 em 2016. O espanhol Fernando Alonso afirmou que o novo carro será pelo menos dois segundos mais rápido.

"Sabemos que a unidade de potência tem sido nossa principal limitação, então não vamos ter mudanças radicais para 2016 em termos do carro, projeto e filosofia. Sabemos do déficit que nós temos nas retas em comparação com outros carros", disse o bicampeão mundial ao site inglês Autosport.

"Então, se nós aplicarmos algumas das soluções e tudo funcionar conforme o esperado, o ganho em tempo de volta vai ser muito grande. Há soluções que são lógicas e que parecem boas, então é manter a motivação bem em alta porque acho que 2016 será um ano completamente diferente", ressaltou o piloto espanhol.

Em 2015, Fernando Alonso somou apenas 11 pontos na temporada, obtendo como melhor resultado o quinto lugar no GP da Hungria, em julho. Mas o ano difícil ficou para trás para o espanhol. "Passamos por alguns momentos bem difíceis, mas acho que aprendemos a partir disso. Nos mantivemos unidos, trabalhando em harmonia e isso foi o principal. O negativo foram os resultados", comentou.

A temporada de 2016 começará no dia 20 de março com o GP da Austrália, nas ruas da cidade de Melbourne.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.