Jens Meyer / AP
Jens Meyer / AP

Após punições, Hamilton herda 9º lugar e Williams soma 1º ponto no ano

Raikkonen e Giovinazzi, da Alfa Romeo, receberam punição por ajuste irregular na embreagem

Redação, Estadão Conteúdo

28 de julho de 2019 | 17h42

Uma punição aos pilotos da Alfa Romeo, o finlandês Kimi Raikkonen e o italiano Antonio Giovinazzi, mudou a zona de pontuação do GP da Alemanha de Fórmula 1, disputado neste domingo, em Hockenheim. Como consequência, o inglês Lewis Hamilton herdou a nona colocação e a Williams somou o seu primeiro ponto na temporada.

Raikkonen e Giovinazzi foram punidos por conta de um ajuste irregular na embreagem no momento da largada. Os comissários decidiram impor uma penalidade de 10 segundos de "stop and go", equivalente a 30 segundos de acréscimo ao tempo final de prova de cada um dos pilotos.

Assim, finlandês e italiano caíram do sétimo e oitavo lugares para a 12ª e 13ª (última) posições na classificação final da corrida alemã. A Alfa Romeo, que obteve o seu melhor resultado como equipe neste domingo, avisou que deve recorrer da decisão tomada pelos comissários da prova.

A punição tirou ambos os pilotos da equipe da zona de pontuação. Ao mesmo tempo, levou Hamilton para os pontos, ampliando para 23 o número de corridas seguidas em que o inglês obteve pontos no categoria. Ele trocou o 11º pelo 9º lugar na classificação final, somando dois pontos. Atingiu, assim, 225 pontos, aumentando sua vantagem na liderança do Mundial de Pilotos.

Foram os únicos pontos obtidos pela Mercedes neste domingo, uma vez que o finlandês Valtteri Bottas rodou nas voltas finais e deixou a corrida mais cedo.

A decisão dos comissários também ajudou a Williams. A equipe britânica, em crise na Fórmula 1, somou o seu primeiro ponto no ano, com o polonês Robert Kubica subindo para o 10º lugar. Foi ainda o primeiro ponto do veterano desde o seu retorno à categoria, como piloto titular, nesta temporada.


Confira a classificação final atualizada do GP alemão:

1º - Max Verstappen (HOL/Red Bull), a 1h44min31s275

2º - Sebastian Vettel (ALE/Ferrari), a 7s333

3º - Daniil Kvyat (RUS/Toro Rosso), a 8s305

4º - Lance Stroll (CAN/Racing Point), a 8s966

5º - Carlos Sainz Jr. (ESP/McLaren), a 9s583

6º - Alexander Albon (TAI/Toro Rosso), a 10s052

7º - Romain Grosjean (FRA/Haas), a 16s838

8º - Kevin Magnussen (DIN/Haas), a 18s765

9º - Lewis Hamilton (ING/Mercedes), a 19s667

10º - Robert Kubica (POL/Williams), a 24s987

11º - George Russell (ING/Williams), a 26s404

12º - Kimi Raikkonen (FIN/Alfa Romeo), a 12s214

13º - Antonio Giovinazzi (ITA/Alfa Romeo), a 13s849

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.