Após treinos, Vettel espera corrida 'apertada' em Mônaco

Equipe a ser batida nesta temporada na Fórmula 1, a Red Bull não conseguiu manter o desempenho no primeiro dia de treinos livres em Mônaco. Nesta quinta-feira, Sebastian Vettel foi o mais rápido na primeira sessão, com o tempo de 1min16s619, mas acabou apenas em quinto na segunda, marcando 1min15s667 na parte da tarde - mais de meio segundo atrás de Fernando Alonso, que cravou 1min15s123 para fechar os trabalhos iniciais na frente em Montecarlo.

AE, Agência Estado

26 de maio de 2011 | 13h57

Vencedor de quatro das cinco provas da temporada até o momento, o alemão admitiu que neste domingo que a corrida deverá ser "apertada". "Eu raspei na parede depois de três voltas, então espero que esse não seja o cenário para o fim de semana. Os carros parecem competitivos, mas todos estão muito próximos. Deverá ser apertado", declarou.

Líder do Mundial, com 41 pontos de vantagem para o segundo colocado, Lewis Hamilton, - 118 a 77 -, Vettel não tem motivos para reclamar e demonstrou satisfação com o desempenho de seu carro. "Tem sido positivo até o momento. Os pneus estão funcionando bem e parecem estar durando, o que é importante. Veremos quais as condições no domingo", afirmou.

Companheiro do alemão na Red Bull, Mark Webber teve um desempenho pior. Na primeira sessão deu apenas três voltas e não marcou tempo, por causa de problemas na caixa de câmbio. Já na segunda ele foi apenas o oitavo mais rápido, com 1min16s642.

"Tive um problema na seleção da caixa de câmbio nesta manhã (de quinta-feira), que fez com que eu perdesse tempo, de resto não foi tão ruim", declarou. "Agora temos informações suficientes para passar por estes problemas. Devemos ir bem no sábado (no treino classificatório) para recuperar o final de semana", completou.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.