Paulo Giandalia/Estadão - 25/11/2012
Paulo Giandalia/Estadão - 25/11/2012

Após um ano no Endurance, Bruno Senna deixa equipe

Brasileiro deve correr apenas as 24h de Le Mans, uma das etapas do calendário

Agência Estado

28 de fevereiro de 2014 | 15h56

LONDRES - A Aston Martin Racing anunciou nesta sexta-feira que o brasileiro Bruno Senna não fica no time para a temporada 2014 do Mundial de Endurance, formado por provas de longa duração. O sobrinho de Ayrton Senna, porém, vai competir pela equipe inglesa nas 24 Horas de Le Mans, na França, prova mais importante do calendário.

Depois de correr pela Willians na Fórmula 1 em 2012, Senna largou a principal categoria do automobilismo mundial para se aventurar nos carros de turismo. Na primeira temporada, numa espécie de segunda divisão do Mundial de Endurance, venceu em Silverstone e nos Estados Unidos e foi segundo em Spa-Francorchamps e em Shangai.

Com a saída de Bruno Senna, quem ganha chance na Aston Martin é o também brasileiro Fernando Rees, que estava correndo numa divisão inferior do Mundial de Endurance.

O Mundial de Endurance, criado em 2012 pela Federação Internacional de Automobilismo (FIA), é composto por oito etapas. Uma delas é disputada no Brasil, as 6 Horas de Interlagos, que este ano estão previstas para 30 de novembro. Outro brasileiro confirmado para o campeonato é Lucas di Grassi, que vai para a segunda temporada na Audi.

A temporada 2014 do Endurance, que começa no dia 20 de abril, em Silverstone, terá como principal novidade a estreia do australiano Mark Webber, que vai correr pela equipe oficial da Porsche. Kazuki Nakajima, Alexander Wurz e Sébastien Buemi estão entre os ex-Fórmula 1 que competirão na temporada.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.