Shizuo Kambayashi/AP
Shizuo Kambayashi/AP

Sebastian Vettel se diz satisfeito com o terceiro lugar no GP do Japão

Vencedor em Cingapura, alemão fica satisfeito com a posição

Estadão Conteúdo

27 de setembro de 2015 | 14h29

Após brilhar no GP de Cingapura, com pole position e vitória na semana passada, o alemão Sebastian Vettel se mostrou satisfeito com o terceiro lugar obtido no GP do Japão de Fórmula 1, neste domingo. O piloto da Ferrari admitiu que a Mercedes estava imbatível neste fim de semana.

"Numa avaliação geral, há muitas razões para estarmos felizes com este terceiro lugar hoje", comentou Vettel, que largou em quarto e chegou a figurar em segundo no início da prova. Na maior parte da prova, ele disputou o posto com o alemão Nico Rosberg, enquanto o inglês Lewis Hamilton disparava na liderança da corrida.

Vettel acabou sendo superado pelo rival da Mercedes numa estratégia inteligente de Rosberg. Ele antecipou a segunda parada nos boxes para surpreender a Ferrari. "Achávamos que nossa vantagem era grande o suficiente [para seguir em segundo]. Então não dá para dizer que cometemos um erro", ponderou o tetracampeão mundial.

"Acho que poderíamos ter ficado na frente dele. Seria difícil para Nico passar. É difícil se aproximar neste traçado. E vimos que ele teve bastante dificuldade para ultrapassar [Valtteri] Bottas", comentou o piloto da Ferrari. "Mas temos que aceitar que a Mercedes estava um pouco mais rápido e por isso mereceram ficar na frente hoje."

O terceiro lugar em Suzuka praticamente acabou com qualquer chance de título de Vettel, que ainda sonhava com o pentacampeonato neste ano, após vencer em Cingapura. Agora ele tem 218 pontos. Hamilton lidera disparado, com 277. E Rosberg vem em seguida, com 229, faltando apenas cinco etapas para o fim do campeonato.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.