Werther Santana/Estadão
Werther Santana/Estadão

Após vitória em Mônaco, Ricciardo aposta em novas atualizações na Red Bull

"Novamente teremos os pneus hipermacios, o chassi está bom, então podemos nos manter motivados", diz o australiano, referindo-se ao GP de Montreal

Estadão Conteúdo

04 Junho 2018 | 09h30

No embalo da vitória no GP de Mônaco, o australiano Daniel Ricciardo chega motivado à etapa do Canadá do Mundial de Fórmula 1, no fim de semana. Em Montreal, o piloto da Red Bull também terá o estímulo de contar com novas atualizações em seu carro para tentar voltar ao lugar mais alto do pódio.

+ Confira a classificação da Fórmula 1

"Depois de ganhar em Mônaco, é ótimo encarar logo mais um circuito que eu adoro. É, com certeza, um dos meus favoritos. E teremos algumas atualizações no carro. Novamente teremos os pneus hipermacios, o chassi está bom, então podemos nos manter motivados", diz Ricciardo.

O australiano admite que vencer no circuito de rua em Montecarlo pela primeira vez deu novo fôlego a sua busca pelos líderes do campeonato. "Agora o meu nome está lá no registro dos vencedores e isso dá uma sensação ótima por ser em uma das corridas mais icônicas da Fórmula 1. Com a vitória em Mônaco, Ricciardo subiu para o terceiro lugar no Mundial de Pilotos.

Enquanto o australiano tenta manter o bom momento na temporada, o holandês Max Verstappen busca a reabilitação após ser apenas o nono colocado em Mônaco. Ele também vai tentar superar o resultado ruim do ano passado em Montreal, quando abandonou por problemas em sua Red Bull.

"A corrida de 2017 acabou de um jeito decepcionante para mim porque eu precisei parar depois de apenas 10 voltas por causa de um problema técnico. Agora, como vem mostrando nas pistas, nosso carro deve ir bem em Montreal. Então, quero um resultado sólido para superar o que aconteceu no ano passado", projetou o holandês.

Em uma temporada oscilante até agora, Verstappen ocupa o sexto lugar no Mundial de Pilotos, atrás dos dois carros da Mercedes e da Ferrari e também do companheiro de Red Bull.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.