Assoalho causou acidente de Schummy

Os engenheiros da Ferrari praticamente já descobriram a causa do grave acidente de Michael Schumacher, na Variante della Roggia, em Monza, terça-feira: o assoalho danificado do carro. Os técnicos acreditam que o alemão o comprometeu ao passar sobre a elevada zebra da Variante del Rettilifo, anterior à do local em que bateu a 192 km/h, segundo a telemetria da equipe. Ralf Schumacher, o mais rápido no ensaio de hoje, havia alertado para o perigo daquele ponto do veloz circuito."Espero que agora Charlie Whiting (delegado de segurança da Fórmula 1) modifique essa chicane", afirmou o piloto da Williams."Perdi completamente a aderência na parte posterior do carro", revelou Michael, ainda no dia do acidente. Sem o mesmo perfil aerodinâmico, por ter sido danificado pela zebra da primeira chicane, o assoalho do modelo F2001 deixou de gerar a mesma pressão aerodinâmica das voltas anteriores. Michael já havia completado 21 voltas com o carro quando foi surpreendido com a traseira projetando-se para fora da curva, ao iniciar a frenagem. Segundo o comunicado do time de Maranello, o piloto está sendo submetido a sessões de massagens com o seu preparador físico, Balbir Singh, em Vuflens-le-Chateau, próximo a Genebra, onde reside. Não foi definido ainda se ele volta a treinar antes do GP da Alemanha, dia 29.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.