Fernanda Freixosa/Divulgação
Fernanda Freixosa/Divulgação

Átila Abreu vence Stock Car em Ribeirão Preto

Pole, Burti tem problemas e abandona; com a vitória, piloto paulista assume o 3.º lugar

AE, Agência Estado

17 de abril de 2011 | 14h16

RIBEIRÃO PRETO - O piloto Átila Abreu repetiu o desempenho de 2010 e venceu mais uma vez no circuito de rua de Ribeirão Preto, neste domingo. Max Wilson e Cacá Bueno completaram o pódio da terceira etapa do ano da Stock Car.

A vitória deixou Átila na terceira colocação geral, com os mesmos 46 pontos de Cacá Bueno. A liderança pertence a Max Wilson, atual campeão da categoria, com 52, seguido de Thiago Camilo (47).

"A prova foi muito difícil e desgastante, andei no limite o tempo todo. Foi um jogo de matemática, porque precisava cuidar dos adversários que podiam usar o recurso do botão de ultrapassagem que dá quase 100 cavalos a mais de potência no motor", avaliou Átila, que dedicou a vitória a Gustavo Sondermann, seu companheiro de equipe no ano passado. Sondermann morreu há duas semanas em corrida em Interlagos.

Outro piloto que se destacou neste domingo foi Xandinho Negrão. Ele largou na 22.ª posição, mas fez uma boa corrida de recuperação e terminou em 7.º. "Estou com os braços moídos, porque estou há dois meses sem fazer exercícios específicos. Mas acho que fiz uma ótima corrida. Fiz um monte de ultrapassagens. Pena que eu tenha largado tão atrás por causa do sistema de treinos classificatórios utilizado aqui. Para mim, a temporada começou agora", comentou.

Pole position, Luciano Burti não conseguiu sustentar a vantagem e acabou abandonando a corrida. Após liderar durante boa parte da prova, ele foi punido com uma passagem pelos boxes e viu suas chances de vitória se reduzirem. Depois se envolveu em uma batida e não pôde completar a prova.

A próxima etapa da Stock Car só será disputada no dia 15 de maio, no circuito do Velopark, no Rio Grande do Sul.

Classificação da prova:

1.º - Átila Abreu (C) 38 voltas em 49min25s193

2.º - Max Wilson (C) a 0s959

3.º - Cacá Bueno (P) a 3s204

4.º - Allam Khodair (C) a 4s723

5.º - Ricardo Mauricio (Chevrolet) a 5s728

6.º - Marcos Gomes (P) a 6s627

7.º - Xandinho Negrão (P) a 7s010

8.º - Thiago Camilo (Chevrolet) a 7s725

9.º - Julio Campos (P) a 8s509

10.º - Popó Bueno (C) a 9s459

11.º - Felipe Maluhy (C) a 10s866

12.º - Giuliano Losacco (C) a 11s374

13.º - Eduardo Leite (C) a 12s110

14.º - Duda Pamplona (C) a 12s673

15.º - Valdeno Brito (C) a 13s825

16.º - Lico Kaesemodel (C) a 16s646

17.º - Cláudio Ricci (C) a17s764

18.º - Diego Nunes (P) a 18s114

19.º - Alan Hellmeister (P) a 21s043

20.º - David Muffato (P) a 24s250

Não completaram: Rodrigo Navarro (P)

Rodrigo Sperafico (P)

Tuka Rocha (C)

Daniel Serra (P)

Luciano Burti (P)

Nonô Figueiredo (C)

Alceu Feldmann (C)

Betinho Valerio (P)

Antonio Pizzonia (C)

Antonio Jorge Neto (C)

Ricardo Zonta (C)

Denis Navarro (P)

Classificação do campeonato: 1.º - Max Wilson, 52 pontos

2.º - Thiago Camilo, 47

3.º - Cacá Bueno e Átila Abreu, 46

5.º - Ricardo Mauricio, 28

6.º - Ricardo Zonta, 24

7.º - Popó Bueno, 22

8.º - Daniel Serra, 21

9.º - Duda Pamplona, 18

10.º - Julio Campos, 17

11.º - Luciano Burti, 16

12.º - Felipe Maluhy e Allam Khodair, 14

14.º - Marcos Gomes, 12

15.º - Giuliano Losacco, 10

16.º - Xandinho Negrão, 9

17.º - Eduardo Leite, 6

18.º - Valdeno Brito, 4

19.º - Lico Kaesemodel, 1

Atualizado às 14h38 para acréscimo de informações

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.