AFP
AFP

Atrasada, Williams desiste de dia de filmagens antes do início dos testes da F-1

Temporada 2019 será aberta em 17 de março, no GP da Austrália

Redação, Estadão Conteúdo

13 de fevereiro de 2019 | 09h54

Última colocada no Mundial de Construtores de 2018, a Williams agora parece enfrentar problemas com atrasos na sua preparação para a temporada 2019 da Fórmula 1. Nesta quarta-feira, a equipe britânica anunciou que desistiu de realizar um "shakedown", que serviria como teste para os componentes do seu novo carro, com a intenção de se concentrar no início dos testes coletivos, na segunda-feira, no circuito de Barcelona.

Assim, as primeiras voltas na pista do FW42, o novo carro da Williams, ocorrerão apenas junto com as de outras equipes, no começo da próxima semana. Chefe-adjunta da equipe britânica, Claire Williams tentou dar um tom de naturalidade ao cancelamento do dia de filmagens, o justificando pelas muitas mudanças que o time passou de 2018 para 2019.

"Como seria de se esperar, tivemos um programa de engenharia extremamente agressivo durante o inverno (europeu). Como tal, tomamos a decisão de não pilotar nosso carro durante o dia da filmagem neste fim de semana para permitir que a equipe maximize o tempo na fábrica antes de irmos para Barcelona para o primeiro dia dos testes em 18 de fevereiro", afirmou a dirigente.

Para deixar para trás a temporada horrível que realizou em 2018, na qual somou apenas sete pontos, a Williams trocou a sua dupla titular de pilotos. A equipe contará com o retorno do polonês Robert Kubica, de 34 anos, que está de volta ao grid da Fórmula 1 após ficar afastado desde fevereiro de 2011, quando sofreu um grave acidente em uma prova de rali na Itália. O seu companheiro de equipe será o britânico George Russell, de apenas 20 anos, campeão da Fórmula 2 em 2018 e que fazia parte do programa de jovens pilotos da Mercedes.

A temporada 2019 da Fórmula 1 será aberta em 17 de março, quando vai ser realizado o GP da Austrália, no circuito de Melbourne.

Mais conteúdo sobre:
Robert KubicaWilliamsFórmula 1

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.