Badoer lamenta ter disputado apenas dois GPs na Ferrari

Ex-piloto de testes da escudeira admitiu que teve desempenho ruim nas provas da Europa e da Bélgica em 2009

AE, Agência Estado

09 de dezembro de 2010 | 11h38

Fora da Ferrari após 13 anos como piloto de testes, Luca Badoer agradeceu a chance recebida na escuderia italiana e garantiu ter apenas um arrependimento. Neste período, ele participou de apenas duas corridas - os GPs da Europa e da Bélgica em 2009 - e admitiu que teve desempenho decepcionante.

"O único arrependimento é que eu só fui capaz de fazer duas corridas. A equipe tinha confiança em mim naquele momento e isso é algo que eu sempre serei grato. Infelizmente, no momento, eu não estava dirigindo por 10 meses e me encontrei ao volante de um carro. Foi difícil me adaptar e por isso não pude mostrar o que eu podia fazer", afirmou.

Em 2009, Felipe Massa sofreu grave acidente durante o treino de classificação do GP da Hungria e ficou afastado do restante da temporada da Fórmula 1. Assim, ele foi substituído por Badoer, que terminou o GP da Europa em 17º lugar e o GP da Bélgica em 14º. Decepcionada com o desempenho, a Ferrari o trocou por Giancarlo Fisichella.

O contrato de Badoer com a Ferrari se encerraria neste final de ano e a equipe decidiu não prorrogá-lo. Com a saída, a escuderia italiana fica com Fisichella, Marc Gené e Jules Bianchi como piloto de testes.

Tudo o que sabemos sobre:
Fórmula 1FerrariLuca Badoer

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.