Banco suíço é o novo dono da Sauber

O Credit Suisse, um dos maiores bancos da Suíça, tornou-se o principal acionista da equipe Sauber, da Fórmula 1. O banco adquiriu 63% das ações da equipe, e as cifras podem chegar a US$ 50 milhões de dólares. Assim, o banco será agora o principal patrocinador da Sauber.A negociação foi intermediada pelo chefe da Sauber, o suíço Peter Sauber, que havia recomprado as ações que estavam na mão do dono das bebidas energéticas Red Bull, o empresário austríaco Dietrich Mateschitz. ?Exerci meu direito de preferência na compra das ações para evitar que caíssem em mãos indesejáveis?, afirmou Sauber.

Agencia Estado,

08 de janeiro de 2002 | 15h21

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.