Divulgação/Vira Comunicação
Divulgação/Vira Comunicação

Bandeirantes contrata Mariana Becker para a cobertura da Fórmula 1

Repórter, que ficou 25 anos na TV Globo, vai acompanhar as 23 provas da temporada

Redação, O Estado de S.Paulo

10 de fevereiro de 2021 | 17h41

A Bandeirantes reforçou sua equipe após adquirir os direitos de transmissão da Fórmula 1 pelas duas próximas temporadas. Referência na cobertura da principal categoria do automobilismo, Mariana Becker assinou contrato para atuar como repórter nas 23 probas do calendário.

A estreia acontece no dia 28 de março, quando será exibido o GP do Bahrein. "Fiquei muito feliz com o convite da Band porque é uma emissora que tem uma profunda tradição no esporte, que é a minha paixão e especialidade. É muito bom respirar novos ares, trabalhar com outros profissionais, e poder mostrar tudo o que eu tinha vontade e, às vezes, não tinha tanto espaço", afirmou.

Segundo a jornalista, as expectativas para a nova fase profissional são as melhores possíveis. "Vou ser a mesma Mariana de sempre, mas agora teremos um espaço muito maior para poder explorar a Fórmula 1. A ideia é despertar o interesse não só das pessoas que entendem da modalidade, como também de quem não conhece e pode começar a se apaixonar. No Show do Esporte, conseguiremos mostrar os vários lados desse esporte, com mais emoção, velocidade, técnica e informação. É um mundo fascinante."

Mariana estava na TV Globo desde 1995. Foram 25 anos na emissora, que, neste ano, desistiu dos direitos de transmissão da Fórmula 1. "Vou continuar vivendo na Europa. Brinco que moro no aeroporto, mas a minha base é em Mônaco. Com a pandemia, tenho ficado bastante na Suíça. O que muda na minha rotina é que eu vou fazer muito mais Fórmula 1 do que eu fazia antes. Eu realizava um pouco mais da metade das corridas e agora vou fazer as 23, o que significa que vou trabalhar mais, só que ao mesmo tempo vou ter o dobro de prazer pelo fato de cobrir o mundial completo."

Tudo o que sabemos sobre:
BandFórmula 1

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.