BAR consolida evolução e já está em 3º

Quando David Richards, o competente diretor-geral da BAR, afirmou ser realista, este ano, pensar em lutar pelo terceiro lugar entre as equipes, muita gente achou que ele estava exagerando nas suas pretensões. Pode até ser que estivessem com razão, mas que a BAR terminar o Mundial em terceiro não é um sonho tão distante não é. Jenson Button marcou pontos nas três etapas disputadas e acabou no pódio na Malásia e neste domingo. "O pódio de Sepang foi especial, o primeiro na minha carreira, mas estou achando este mais gostoso, talvez por ser o segundo na sequência", disse o sempre acessível Button. Um dos maiores responsáveis por esse avanço da BAR é seu diretor-técnico, o inglês Geoff Willis, ex-Williams. "Mudamos muita coisa na equipe, a começar pela metodologia de trabalho. Investimos bastante no aumento da precisão na construção de cada componente do carro e no seu controle de qualidade", explicou. "Com o carro-conceito realizamos 22 mil quilômetros de testes, o que nos ajudou muito a compreender o que funcionaria bem no modelo 006 que estamos usando." Willis conta que o 006 é bem mais avançado aerodinamicamente que o modelo anterior, auxiliado pelo novo câmbio, menor, o centro de gravidade é mais baixo e a Honda fez um trabalho excepcional no novo motor. "Esse motor é menor, mais leve, mais baixo, tem maior potência e é bem mais resistente que o usado em 2003", diz. E os planos dos japoneses, a julgar pela declaração de seu diretor de engenharia, Shuhei Nakamoto, são elevados. "É crucial aproveitarmos esse momento para continuarmos investindo para reduzir a diferença que ainda nos separa dos primeiros." Ayrton Senna conquistou seus três títulos competindo com McLaren-Honda. A BAR terá importantes novidades aerodinâmicas na próxima etapa, em Ímola, dia 25. "Acho que vamos melhorar, bem como aHonda tem uma nova versão do motor, mas penso que todas as equipes vão estrear modificações nessa prova. Vamos ver quem crescerá mais", sugere Willis. Seu diagnóstico é claro. "Precisamos de maior eficiência aerodinâmica e demais potência no motor." A BAR já soma 19 pontos, terceira junto da Williams, enquanto a McLaren tem 4, quinta colocada. "Treinaremos três dias em Barcelona esta semana e outros três semana que vem em Paul Ricard, com dois carros", diz Willis.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.