Bar impressiona nos testes da F-1

Técnicos e até pilotos das outras equipes já começam a circundar o box da BAR para tentar compreender o que está fazendo o modelo 006, equipado com motor Honda, ser tão veloz. Hoje Jenson Button estabeleceu, a exemplo de terça-feira, o melhor tempo do dia no teste coletivo de Jerez de la Frontera, na Espanha, com o novo carro da BAR, 1min16s977. O jovem inglês simulou com sucesso um GP, haja vista que completou 108 voltas, e ainda foi muito rápido. Para confirmar o potencial do time inglês, Takuma Sato registrou o segundo tempo, 1min17s273 (59). A BAR ainda não chegou no nível da McLaren, mas parece não estar tão distante como ano passado. O recorde da pista andaluz é de Kimi Raikkonen, com o modelo deste ano, o MP4/19, obtido mês passado: 1min16s125. Hoje o finlandês, com o mesmo carro, fez 1min17s826 (95), sétimo, o que praticamente atesta que a McLaren tem treinado com considerável volume de gasolina no tanque, justificando em parte a grande diferença imposta por seus adversários nos treinos conjuntos. O que já se sabe da surpreendente BAR é que o 006 desfruta, como poucos, das características dos pneus Michelin, mais rápidos que os da Bridgestone, ao menos na pré-temporada. E este é o primeiro ano da BAR com os pneus franceses.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.