BAR quer vencer já com novo modelo

Para o piloto inglês Jenson Button será um fracasso pessoal se ele e a equipe BAR terminarem a temporada de 2005 como a de 2004: nas primeiras colocações, sem vencer uma corrida. No ano passado, a BAR foi segunda entre os construtores, com Button em terceiro entre os pilotos. "Ficarei desapontado se não ganharmos ao menos um GP", disse Button, antes de acelerar a BAR 007, apresentada neste domingo no Circuito da Catalunha, em Barcelona.Embora a intenção da equipe seja ser campeã só em 2007, quer começar a vencer já. A Ferrari vai disputar as quatro primeiras provas de 2005 com um carro de 2004 adaptado ao novo regulamento e é nisso que a BAR deposita a esperança de vitória no início do Mundial. Button acha que ela pode vir já no primeiro GP, dia 6 de março, em Melbourne.O novo carro é menor que o de 2004 e foi totalmente reformulado, incluindo o motor. Como brincou o chefe da equipe, Nick Fry, "as únicas coisas que sobraram foram a direção, o freio e o acelerador". Os testes, que deveriam começar nesta segunda-feira na Catalunha, foram transferidos para quarta-feira, em Valência. O problema é o novo asfalto do circuito, que, segundo comunicado da equipe, "não permitiria uma avaliação correta dos testes". Mas o outro piloto da BAR, Takuma Sato, disse que a pista está muito escorregadia e o tempo de volta cerca de 20 segundos mais lento.As condições do asfalto parecem não incomodar outras equipes. A Ferrari e a Williams vão testar em Barcelona esta semana.Antes, todo o time italiano será recebido pelo Papa João Paulo II, nesta segunda-feira, no Vaticano. "Sempre sonhei com esse momento", disse Rubens Barrichello.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.