Arquivo/AE
Arquivo/AE

Barrichello acredita ter chances de vencer no GP da Austrália

'É um carro muito forte, que nasceu bem. Não é loucura nenhuma pensar na vitória', disse o piloto da Brawn GP

AE, Agencia Estado

22 de março de 2009 | 15h06

O piloto brasileiro Rubens Barrichello externou mais uma vez seu otimismo quanto ao GP da Austrália, que será disputado no próximo domingo, em Melbourne, e abre a temporada da Fórmula 1. Em entrevista publicada neste domingo no jornal espanhol Marca, ele disse que tem boas chances de conseguir uma vitória na primeira corrida com a Brawn, sucessora da Honda.

"É um carro muito forte, que nasceu bem e tem um motor Mercedes muito confiável e potente, então não é loucura pensar em vencer", afirmou o piloto mais velho da temporada 2009 da F-1 - completará 37 anos em maio.

Rubinho diz que está feliz porque finalmente terá novamente a chance de lutar pelos primeiros lugares, como era nos tempos da Ferrari - e dessa vez sem um astro como Michael Schumacher como companheiro. "Esperei muito tempo para ter um carro com condições de vencer e com a liberdade que não ter de fazer escolta para Schumacher", disparou.

O piloto aproveitou para sair em defesa do carro da equipe, que foi acusado de irregularidades nos difusores localizados na parte traseira. "É uma forma diferente de entender o regulamento. Estamos seguindo as regras", declarou Barrichello.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.