Barrichello comemora reação e dedica vitória aos filhos

Segunda vitória no ano, 11.ª na carreira, e a terceira em Monza. Assim foi o GP da Itália deste domingo para Rubens Barrichello, que largou em quinto, fez apenas uma parada no box e chegou na frente do líder do campeonato, Jenson Button. O resultado, decisivo para as chances do brasileiro na temporada, foi dedicado aos filhos Eduardo e Fernando.

AE, Agencia Estado

13 de setembro de 2009 | 11h39

"Estou sem palavras para descrever. Foi fantástico. Dedico esta vitória aos meus filhos. É aniversario deles neste mês", disse o piloto da Brawn GP, que confirmou ter uma preocupação antes da corrida em Monza. "Tive uma pequena preocupação com o câmbio antes da prova, mas no final deu tudo certo, graças a Deus", comemorou.

Barrichello lembrou também do início da temporada, quando ficou atrás de Button em algumas corridas por causa de problemas em sua estratégia. Neste domingo, o brasileiro fez apenas uma parada e ficou em vantagem sobre os demais pilotos.

"Foi uma grande vitória aqui. Não importa o que tenha acontecido no passado. Vale lembrar que até o começo do ano não tinha nem emprego e agora estou aqui, numa equipe sensacional, com um carro muito bom e um motor também", agradeceu o brasileiro.

Com mais esta vitória, Barrichello se aproximou de Button na classificação geral do campeonato, faltando apenas quatro etapas para o final da temporada. Soma 66 pontos, reduzindo para 14 a diferença para o inglês, que tem 80.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.