Barrichello conquista 7ª pole position

Rubinho Barrichello larga na pole position do GP do Brasil, neste domingo, em Interlagos (às 14h, pela Globo), feliz mas "realista", sabendo que pode acontecer de tudo em Interlagos, ainda mais com as novas regras da competição. "A Fórmula 1 me ensinou", disse, antes de ir para a festa no box da Ferrari, que foi cercado por cerca de 200 pessoas. Esta é a sétima vez que Rubinho larga em primeiro lugar na carreira. O autódromo teve quebrado seu recorde de público para treinos da F-1, com 40 mil pessoas vibrando pelo piloto brasileiro, o mais rápido na classificação, com 1min13s807, seguido de David Coulthard, da McLaren, com 1min13s818, e Mark Webber, da Jaguar, com 1min13s851. Michael Schumacher, o pentacampeão mundial, fez o sétimo tempo - 1min14s130 - com sua Ferrari. Para este domingo, os 70 mil lugares deverão estar tomados, pelo maior interesse provocado pela variedade de situações que o novo regulamento provocou. E se o assunto da semana foi a perigosa regra de apenas um tipo de pneu para chuva - que deverá ser alterada -, para amanhã a meteorologia prevê apenas tempo nublado. O dia amanheceu com nuvens negras, mas o tempo se firmou para o treino livre da manhã. No treino classificatória da tarde, com os pilotos ainda ressabiados pela possibilidade de chuva, não houve problemas. A entrada na pista, definida no treino "pré-classificatório da sexta-feira, joga os mais rápidos para o fim. O colombiano Juan Pablo Montoya, da Williams, foi o quarto a entrar na pista e não baixou dos 1min14s, tarefa assumida pelo italiano Jarno Trulli, que fez um excelente tempo com a Renault - 1min13s953. Houve expectativa por Fernando Alonso, o espanhol também da Renault, de 21 anos, que no entanto, ficou no 1min14s. Na vez de Michael Schumacher, muita expectativa: o pentacampeão mundial e que chegou a 19 pódios consecutivos, vem de um quarto lugar na Austrália e uma batida na Malásia. Hoje, o alemão da Ferrari foi pior que outros seis pilotos em seu tempo (1min14s130), por causa de um erro na primeira curva. A McLaren mostrou que realmente teve melhorias significativas em seu carro para esta temporada: David Coulthard e Kimi Raikkonen fizeram tempos bem semelhantes: pela ordem, 1min13s818 e 1min13s866. Na seqüência foi a vez de Rubinho Barrichello tirar a pole de Trulli para a Ferrari, com 1min13s807. E, finalmente, apareceu Mark Webber, da Jaguar, na pista (o melhor tempo no treino "pré-classificatório", da sexta-feira), para assustar: acabou conseguindo o terceiro tempo - 1min13s851 -, resultado acima do que a escuderia esperava, como ele mesmo reconheceu. Na entrevista coletiva, Rubinho até brincou com o australiano, abanando-o com a toalha, depois de vários elogios ao bom trabalho realizado. Os três primeiros colocados destacaram que seus carros estão bons, do bom começo de temporada de suas equipes e do quanto o autódromo de Interlagos é exigente para os pilotos, tanto na parte técnica como também na física (é o único do circuito de GPs da F-1 onde os pilotos correm em sentido anti-horário, sofrendo com isso pelo movimento não-habitual dos pescoços a essas curvas). Os três procuraram segurar a alegria pelos bons tempos, mas Webber chegou a comentar que, com uma corrida sem maiores problemas, sua equipe poderia pensar, "realisticamente", em terminar entre os "top 6". Também ratificaram a necessidade de se rever a regra que estabelece apenas uma opção para pneus de chuva. Da pista, os carros já foram levados para o box 3, que funciona agora como parque fechado: amanhã, só seria permitido mexer neles antes da largada em caso de chuva. Por segurança, poderiam ser feitos ajustes nos aerofólios dianteiros e também se trocar os pneus. Do parque fechado, os carros vão direto para a pista neste domingo, para a largada do GP. Confira o grid do GP do Brasil de Fórmula 1: 1) Rubens Barrichello (BRA) - Ferrrari - 1min13s807 (média de 210,175 quilômetros por hora). 2) David Coulthard (ESC) - McLaren - 1min13s818. 3) Mark Webber (AUS) - Jaguar - 1min13s851. 4) Kimi Raikkonen (FIN) - McLaren - 1min13s866. 5) Jarno Trulli (ITA) - Renault - 1min13s953. 6) Ralf Schumacher (ALE) - Williams - 1min14s124. 7) Michael Schumacher (ALE) - Ferrari - 1min14s130. 8) Giancarlo Fisichella (ITA) - Jordan - 1min14s191. 9) Juan Pablo Montoya (COL) - Williams - 1min14s223. 10) Fernando Alonso (ESP) - Renault - 1min14s384. 11) Jenson Button (ING) - BAR - 1min14s504. 12) Nick Heidfeld (ALE) - Sauber - 1min14s631. 13) Jacques Villeneuve (CAN) - BAR - 1min14s668. 14) Olivier Panis (FRA) - Toyota - 1min14s839. 15) Heinz-Harald Frentzen (ALE) - Sauber - 1min14s839. 16) Ralph Firman (ING) - Jordan - 1min15s240. 17) Antonio Pizzonia (BRA) - Jaguar - 1min15s317. 18) Cristiano da Matta (BRA) - Toyota - 1min15s641. 19) Jos Verstappen (HOL) - Minardi - 1min16s542. 20) Justin Wilson (ING) - Minardi - 1min16s586.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.