Barrichello culpa acidente com Fisichella pelo abandono

Após sexto lugar do companheiro de equipe, brasileiro elogia carro e lamenta batida no pitlane

Redação

27 de abril de 2008 | 17h32

Rubens Barrichello fazia uma corrida consistente o suficiente para marcar pontos no GP da Espanha deste domingo, levando em consideração as posições dos adversários (estava na frente do companheiro de equipe, Jenson Button, naquele momento). No entanto, uma batida com Giancarlo Fisichella (Force India) provocou o abandono do brasileiro da Honda.   Veja também:  Ferrari, com Raikkonen, domina e vence o GP da Espanha  GP da Espanha   "O carro estava andando bem. Por isso foi especialmente decepcionante que o acidente no pitlane com o Fisichella tenha acabado com minha corrida", disse Rubens. "Pelo que pudemos ver, foi apenas um acidente infeliz. A equipe me liberou e avisou sobre o tráfego, por isso eu fiquei fora da faixa rápida. O Fisichella me ultrapassou e virou para o seu box, batendo em minha asa dianteira nesse momento. Eu consegui dar uma volta com a asa presa debaixo do carro, mas infelizmente os danos causados à carroceria foram grandes demais para continuar, e fui forçado a abandonar."   No final da prova, coube a Button marcar os primeiros pontos da Honda no ano, graças ao sexto lugar obtido.   EVOLUÇÃODepois de conseguir pela primeira vez se classificar entre os 10 melhores no grid, a corrida de Nelsinho Piquet durou apenas sete voltas, com o saldo de uma saída de pista e uma batida com Sebastian Bourdais (Toro Rosso).   "E cometi o meu primeiro erro muito cedo na corrida, quando escapei da pista. Mas eu sabia que poderia me recuperar, se me arriscasse um pouco. E foi o que aconteceu", lamentou o brasileiro.   "Estou desapontado, mas não resta duvida que fizemos algum progresso nesta corrida. É preciso também tirar algumas lições para não cometer os mesmos erros novamente", completou.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.