Rob Griffith/AP
Rob Griffith/AP

Barrichello diz que Williams precisa trabalhar muito

Brasileiro lamenta chuva que atrapalhou a segunda sessão de treinos livres no circuito de Albert Park

AE, Agencia Estado

26 de março de 2010 | 10h00

O brasileiro Rubens Barrichello admitiu que a chuva que atingiu o circuito de Albert Park durante a segunda sessão de treinos livres atrapalhou a preparação da Williams para o GP da Austrália. Nono piloto mais rápido do dia, Rubinho que será preciso trabalhar muito para se garantir na terceira parte do treino classificatório, o que não aconteceu no GP do Bahrein, quando largou do 11.º lugar.

"A chuva veio no segundo treino, o que afetou todos. A equipe fez um trabalho realmente bom, me mandando para a pista no momento certo, quando estava seca, para nós recolhermos todas as informações que podíamos com essas condições. Há ainda bastante trabalho a ser feito a fim de nos levar amanhã até ao Q3", disse.

Companheiro de equipe de Barrichello, Nico Hulkenberg corre pela primeira vez em Melbourne e também lamentou a chuva, mas aprovou o circuito australiano. "Albert Park é uma pista muito legal, eu realmente gostei dela. É muito instável, mas definitivamente divertida. A segunda sessão foi atrapalhada pela chuva, então não tive tanto tempo como nós queríamos, mas sinto-me familiarizado com a pista agora e confortável com o carro", afirmou o alemão, 17° colocado no primeiro treino e 14° no segundo.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.