Barrichello fala em infelicidade por nova punição na corrida

Piloto da Honda teve de pagar 10 segundos por ter ultrapassado o limite de velocidade nos boxes, de novo

Redação

23 de março de 2008 | 09h40

Rubens Barrichello saiu de seu segundo Grande Prêmio na temporada da Fórmula 1 com mais uma punição. Mais uma vez foi pego acima da velocidade permitida nos boxes e teve de pagar uma parada de 10 segundos nos boxes da Honda. Ele diz que não teve como ver a faixa que delimita a região onde a velocidade máxima é de 60 km/h.Veja também: Raikkonen vence GP da Malásia e Hamilton lidera o Mundial"A penalidade depois do meu segundo pit stop foi uma infelicidade, mesmo que eu perdesse só uma posição na corrida. As marcas de indicação no pitlane com o fim da área de velocidade não são claras como parecem", diz o piloto. "Meu fim de semana foi comprometido com a perda do treino livre do sábado, onde tive de acertar o contrapeso do meu carro para a corrida", explicou, no comunicado distribuído pela equipe.Para as próximas corridas, Barrichello reforçou acreditar em evolução da Honda, mesmo tendo terminado em 13.º lugar desta vez. "Nos temos que aprender com nossas experiências, sejam positivas ou negativas, e eu confidencio que continuaremos a melhorar nas próximas corridas."  

Tudo o que sabemos sobre:
Rubens BarrichelloHondaFórmula 1

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.